Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

27
Ago16

Astúrias: Picos de Europa - Covadonga e Lagos.

CD

FullSizeRender.jpg

(Se uma Catarina incomoda muita gente...)

 

Parti para esta viagem olhando-a mais como situação de recurso do que outra coisa qualquer. Não tínhamos marcado nada em tempo útil e a vontade de passear por fora do país suplantou todos os desejos que tínhamos por dias fáceis vividos na praia.

O que não estava à espera é ter tanto e de tanta qualidade por onde mergulhar.

 

DSCF5728.JPG

(Covadonga)

 

Resolvemos ir passear para os Picos de Europa, em especial para Covadonga.

Covadonga é um santuário católico, onde se pode ver a Basílica e também a Santa Cova. Assim que lá cheguei, rodeada por uma estrada de montanha, onde o verde predominante embaciava os óculos que trazia e, olhando para cima, vi a Basílica, não consegui travar um “ahh!”, exclamado e maravilhado, que saiu disparado boca fora. É, de facto, imponente e maravilhoso e altamente recomendável. Subimos até à Basílica onde, lá dentro, tentando-nos abstrair do barulho pisado dos turistas que entravam, nos fechamos em pequena introspecção.  

Depois de inspeccionarmos a Santa Cova, uma pequena igreja cravada na gruta, reunimos energias para subir e visitar os lagos. 12 km é a distância que separa a Basílica dos lagos, um percurso que tem tanto de maravilhoso como de assustador uma vez que foi feito num autocarro existente para o efeito em estradas curtas e recortadas (julgo que, em agosto, até às 20.00 não passam carros particulares).

 

DSCF5748.JPG

 

Os Lagos. Bom, os Lagos. São dois. Há percursos de caminhada definidos. São óptimos, bem identificados, cansativos mas (muito) compensadores.

 

DSCF5859.JPG

 

DSCF5860.JPG

 

Erva curta e rasteira. As montanhas a envolver os lagos. Vacas que se multiplicam em pastagem sem fim. E uma sensação de plenitude a abraçar as nossas férias.

 

DSCF5886.JPG

 ❤︎

 

Mais fotografias aqui https://www.instagram.com/catarinaduarte.words/

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Facebook

Instagram @catarinaduarte.words

Biografia

Sou autora do livro infantil “Maria Bolinhos – no Reino da Maravilhosa Doçaria Alentejana” e do blog insensatez.blogs.sapo.pt. Escritora compulsiva: a minha vida é absorver tudo aquilo que vejo e tudo o que ouço. Se estão comigo há um certo risco de se tornarem inspiração da minha próxima personagem :) mas, calma!, não fujam já! Dou Workshops de Escrita Criativa a crianças e a adultos - são boas horas que sempre voam embaladas pelo fluir frenético da escrita. Devoro arte, sou constantemente inspirada por ela, nas suas mais diversas formas: livros, pintura, música, cinema, fotografia. Mas, também, jardins, praias, arestas dos prédios recortados da minha Lisboa: inspiro a luz que escorre pelas suas paredes, expiro um texto completo de incertezas. Não passo sem café, sem livros, sem as minhas viagens mas, especialmente, sem o ar livre da minha cidade, a minha maior inspiração. Tenho 32 anos, vivo em Lisboa com o meu marido e com as minhas palavras preferidas.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D