Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

25
Jun17

Opinião - A Vegetariana de Han Kang.

CD

Vegetariana.JPG

 

Opinião: Assim que comecei a ler o livro A Vegetariana e, por estarmos, tanto eu como a minha mãe, particularmente sensíveis a este tema, recomendei-lhe que o comprasse, o mais brevemente possível, para, o quanto antes, o começar a ler.

 

Porém, à medida que fui avançando na leitura, mudei de ideias e nunca mais insisti no assunto. De facto, julgo que a minha mãe não gostaria dele como, aliás, muitas pessoas não vão gostar.

 

Este livro, vencedor do Man Booker International Prize, começa com a apresentação suave de uma mulher, nem bonita nem feia, que, após ter tido um sonho, decide tornar-se vegetariana, sem imaginar o impacto que esta decisão irá ter, tanto na sua vida, como na vida de todos os que a rodeiam.

 

Esta mulher, nem bonita nem feia, habituada a viver as vontades dos outros, agarra, então, de forma quase obsessiva, aquilo que passa a conseguir controlar: o acto de não comer carne.

 

A violência que esta decisão gera, torna-se tão real que, inconscientemente, decide tornar-se numa árvore, alimentar-se como uma árvore, afundar-se como uma árvore, viver com uma árvore.

 

É um livro difícil, denso, corporal, pelo tema em si mas, também, pelas diferentes perspectivas que vão sendo injectadas na história.

 

Recomendo este livro a quem tem uma mente (muito) aberta porque, embora seja de fácil leitura, é, de facto, um livro estranho e complexo.

 

Rating: 4/5

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrevam a Newsletter (prometo que não se vão arrepender)

Carreguem aqui para subscrever:)

Sigam-me

Facebook

Instagram @catarinaduarte.words

Biografia

Sou autora do livro infantil “Maria Bolinhos – no Reino da Maravilhosa Doçaria Alentejana” e do blog insensatez.blogs.sapo.pt. Escritora compulsiva: a minha vida é absorver tudo aquilo que vejo e tudo o que ouço. Se estão comigo há um certo risco de se tornarem inspiração da minha próxima personagem :) mas, calma!, não fujam já! Dou Workshops de Escrita Criativa a crianças e a adultos - são boas horas que sempre voam embaladas pelo fluir frenético da escrita. Devoro arte, sou constantemente inspirada por ela, nas suas mais diversas formas: livros, pintura, música, cinema, fotografia. Mas, também, jardins, praias, arestas dos prédios recortados da minha Lisboa: inspiro a luz que escorre pelas suas paredes, expiro um texto completo de incertezas. Não passo sem café, sem livros, sem as minhas viagens mas, especialmente, sem o ar livre da minha cidade, a minha maior inspiração. Tenho 32 anos, vivo em Lisboa com o meu marido e com as minhas palavras preferidas.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D