Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

13
Jul17

Sobre blogs #4: Os blogs e as redes sociais.

CD

It's Leave the Office Early Day! (1).png

 

Neste quarto post sobre os blogs, resolvi abordar o tema das Redes Sociais.

 

Hoje em dia, parece-me um pouco impossível levar os blogs com alguma seriedade sem lhes associar redes sociais.

 

As Redes Sociais são o isco para os blogs.

 

Claro que há muita população residente, que vai diretamente ao blog através de um motor de busca, mas a dinâmica é incomparavelmente superior quando se tem redes a gravitar à volta do blog.

 

E se, aqui pelo meio, falarmos da questão das parcerias, então, nem se fala.

 

Começo por dizer que isto das redes sociais é um mundo e que o que aqui partilho é a percepção de alguém (eu!) que se interessa (minimamente) pelo tema. No fundo, é a minha experiência, a minha visão na óptica do utilizador, se quiserem.

Ah! E sempre com a premissa: façam o que eu digo, não façam o que eu faço (assumo que falho, por falta de paciência, em muitos dos pontos que aqui vou falar):

 

Onde estar presente? - Eu diria que a resposta é "em todo o lado" SE houver tempo para tal. Se não for possível, escolher aquelas redes que mais se enquadram na vossa vida. Eu estou presente no Facebook, no Instagram e no Twitter.

 

Ter uma voz verdadeira e confiável – Julgo que este ponto é a base de qualquer relacionamento. Aqueles que temos no mundo virtual, não são excepção. As pessoas devem saber com o que contam quando nos seguem nas redes, só assim criamos laços. Temos sempre que ser verdadeiros, confiáveis, nós próprios. Ainda que, neste mundo virtual, à partida, só mostremos uma parte daquilo que somos, não faz sentido criar uma personagem oposta a nós mesmos. 

 

Criar laços com os seguidores – É fundamental desenvolver laços com os seguidores, uma boa forma é interagir com eles.

 

Posts Patrocinados – As redes sociais, hoje em dia, são um negócios para… as próprias redes socias. Partindo desta ideia, a tendência é que tenhamos, cada vez mais, que pagar para ser vistos. Julgo que ainda se consegue fazer uma boa gestão deste ponto mas a tendência é que cada vez tenhamos que recorrer mais aos posts patrocinados.

 

Horário das Publicações – Dizem que os horários das publicações têm impacto na interação com o público e eu concordo (embora não siga muito este ponto). As melhores alturas para publicar são à noite, depois do jantar, quando as pessoas estão a descansar no sofá a fazer aquela “checkagem” (bonita palavra criada agora por mim) nas redes sociais. Pela minha experiência, domingo à noite é a melhor altura para se partilhar algo nas redes.

 

Fazer vídeos e criar imagens – Os vídeos estão a crescer e uma imagem vale mais do que mil palavras. Fazer pequenos vídeos e apostar nas imagens é importante.

 

Criar conteúdo “partilhável” – Isto é daquelas coisas que nós sabemos que é assim mas que nos estamos nas tintas. Quanto mais o conteúdos for “partilhável” mais buzz faz no blog e nas redes sociais.

 

Linkar o blog às redes e as redes ao blog – Isto parece uma dica muito básica mas há mesmo muitos blogs que têm redes socias mas que cujo acesso é mesmo muito difícil pois estão escondidas algures no site. Os links devem estar a funcionar e tanto se deve linkar do blog para as redes como das redes para o blog: tudo ligado!

 

Não desistir – Há mesmo muitas pessoas que não põem likes mas que lêem e gostam. E isto é importante! Nem só de likes vive um homem!

 

Isto das redes e dos blogs é um mundo a explorar e, pior, um mundo sempre em mudança. No final, o que conta mesmo é gostarmos muito daquilo que fazemos e escrever ainda está no top das minhas coisas preferidas do mundo. Sim, à frente do pastel de nata.

 

Já agora (um momento de auto promoção), as minhas redes são estas:

 

Facebook

Instagram

Twitter

 

São muito bem-vindos por lá :)

 

O primeiro texto da saga "Sobre Blogs" (sobre a Dimensão das Coisas) está aqui.

O segundo texto da saga "Sobre Blogs" (sobre como Começar um blog) está aqui.

O terceiro texto da saga "Sobre Blogs" (sobre como Dinamizar um blog) está aqui.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Facebook

Instagram @catarinaduarte.words

Biografia

Sou autora do livro infantil “Maria Bolinhos – no Reino da Maravilhosa Doçaria Alentejana” e do blog insensatez.blogs.sapo.pt. Escritora compulsiva: a minha vida é absorver tudo aquilo que vejo e tudo o que ouço. Se estão comigo há um certo risco de se tornarem inspiração da minha próxima personagem :) mas, calma!, não fujam já! Dou Workshops de Escrita Criativa a crianças e a adultos - são boas horas que sempre voam embaladas pelo fluir frenético da escrita. Devoro arte, sou constantemente inspirada por ela, nas suas mais diversas formas: livros, pintura, música, cinema, fotografia. Mas, também, jardins, praias, arestas dos prédios recortados da minha Lisboa: inspiro a luz que escorre pelas suas paredes, expiro um texto completo de incertezas. Não passo sem café, sem livros, sem as minhas viagens mas, especialmente, sem o ar livre da minha cidade, a minha maior inspiração. Tenho 32 anos, vivo em Lisboa com o meu marido e com as minhas palavras preferidas.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D