Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Sex | 16.02.18

4 livros para quem não lê.

CD

livros2.jpg

 

Resolvi fazer este texto porque conheço muitas pessoas que não leem e que, normalmente, quando questionadas pela razão para não o fazerem, aplicam aquele argumento…, bom, como dizer, básico, que consiste em: “eu não gosto de ler”.

A essas pessoas, normalmente, recomendo (obrigo?) a leitura de uns quantos livros. Se não começarem a ler com estes, então, assumo a minha derrota, e podem dedicar-se definitivamente à pesca.

Quem quiser começar a ler com regularidade, tem aqui óptimas dicas (modéstia à parte).

 

Vamos lá passar para as sugestões:

 

- O Talentoso Mr. Ripley, de Patricia Highsmith – Eu adoro a Patricia Highsmith e tenho imensa pena que não se fale mais dela. Este livro é maravilhoso, cheio de reviravoltas, personagens completas e uma óptima história. A seguir, assim diretos, vejam o filme (com Matt Damon, Gwyneth Paltrow e Jude Law) que também vale bastante a pena. Sendo muito bom, obviamente, que não chega aos calcanhares do livro.

 

- Os Três Casamentos de Camilla S., de Rosa Lobato de Faria – Tenho uma relação de amor-ódio com a Rosa Lobato de Faria. Gostei muito deste livro mas há outros (um, em particular) que, bom, odiei. Ainda assim, há que reconhecer que a sua escrita é maravilhosa, quase poética. Este livro é muito romântico. Ideal para quem gosta de uma boa história de amor. Recomendo tanto, tanto.

 

-  O Manipulador, de Jonh Grisham – É um livro que facilmente daria um filme (se a memória não me falha, há um filme com este nome mas, julgo eu, não tem nada a ver com este livro). Não é uma obra-prima, temos que ser sinceros, mas cumpre bem: envolve e mantém-nos agarrados, da primeira à última página.

 

- Como Água para Chocolate, de Laura Esquivel – Outro livro dedicado a quem gosta de histórias românticas. Mas este tem um bónus: liga-nos ao maravilhoso mundo da cozinha. Tenho uma amiga que, enquanto o estava a ler, desejava que ele não acabasse nunca, de tão saboroso que era. Vejam e, a seguir, mergulhem no filme. Um livro que maravilha!

 

Não são boas sugestões para quem não tem o hábito de leitura? Que mais sugeriam?

7 comentários

Comentar post