Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Qui | 08.02.18

Alma velha.

CD

No sábado passado, apercebi-me que, a alma velha onde estou fechada, justifica muitas das minhas escolhas.

 

Dando alguns exemplos concretos: emprego muito mais do meu tempo livre em livros e filmes do que no facebook, rodeio-me mais de copos de vinho tinto, quando estou entre amigos, do que por vodca limão e é cada vez mais difícil afastar-me do meu sofá, mesmo se estiver com fome ou com vontade de ir à casa de banho.

 

Mas justifica, principalmente, o facto de, no Inverno, não abdicar de meias térmicas: sim, sou eu e as velhinhas da Avenida de Roma.

 

Sabes, porém, que bates no limite da tua velhice, quando já não pensas em ténis sem meias a serem usados com calças rasgadas (porque, não sei se sabem, pelo rasgão dessas calças, entra um frio que não se aguenta) e reservas todos os teus desejos para a promoção do Mini Preço (onde te diriges propositadamente), onde adquires 4 pares, leve 2 pague 1, de meias térmicas.

 

Aquela coisa de sofrer para ser bela, quando mete frio à mistura, não é mesmo para mim.