Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Qui | 19.07.18

Dizem os outros.

CD

“Se a minha profissão fosse essa, falar às pessoas… sabes, se fosse padre, ou artista, escritor… implorar-lhes-ia que se convertessem à alegria. Incitá-los-ia a esquecer a solidão, a fazê-la desaparecer. (…) Que olhar vítreo, o do homem de hoje, como se vagasse num estado de hipnose. Vítreo e desconfiado…. Só que não é a minha profissão.”

 

A Mulher Certa – Sándor Márai