Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

(in)sensatez

EUA - Boston - O que fazer?

18.04.18 | CD

B86099CF-E683-4554-80B5-AB94C95A8365.JPG

 

Falar da minha experiência em Boston corresponde, em primeira instância, a falar sobre amizade, pois foi esse o grande motor desta minha viagem.

 

Mas depressa saltamos para o encantamento, porque Boston é, de facto, uma cidade que vale a pena visitar por tudo o que nos mostra mas, claro, por tudo o que fica por mostrar, o que só nos fornece mais pretextos para voltar (olha: e não é que rimei?).

 

Para começar, é uma cidade organizada, limpa e ordeira. E isso são motivos suficientes para me encantar (olha: não é que rimei outra vez?).

 

3D8343BC-7120-4800-B48C-62B6AE45ADF0.JPG

 

Provavelmente, o que mais gostei em Boston foi a sua capacidade de unir, de forma deslumbrante, edifícios recentes, espelhados e imponentes, com prédios de traça antiga e muito bem conservados.

Sente-se brio em todo o lado.

 

IMG_2581.JPG

 

0A9E1726-777D-4330-B46A-93E2873903BF.JPG

 

IMG_2582.JPG

 

É a maior cidade do estado Massachusetts, com bastantes pessoas e com algum trânsito, mas sem nunca se sentir aquela sensação crowded que se sente, por exemplo, em Nova Iorque.

 

Vamos por partes:

 

- Museus – Há muitos (e bons) museus em Boston e, por essa razão, vou escrever um post só dedicado a eles.

- Universidades - É uma cidade com muitas universidades mas, claro, falar de Boston é também falar de Harvard ou do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Tive a sorte de conseguir assistir a uma aula de Ética, de MBA, em Harvard Business School e foi, sem dúvida, uma experiência única. Utilizam um método de ensino muito diferente do nosso onde a parte dedicada ao professor se resume a, mais ou menos, 10%. O restante tempo é totalmente focado nos estudantes que trabalham um caso previamente e passam a aula a discuti-lo, sendo o professor o moderador.

 

As fotografias seguintes são de Harvard Business School onde passei muita parte do meu tempo.

 

2501B233-BD3E-4FA4-AEB3-6A63AA58EB13.JPG

 

DED1B6C1-23C3-4E49-89AD-F7830FBB4F9E.JPG

 

IMG_2268.JPG

 

IMG_2303.JPG

 

IMG_2401.JPG

 

- Gastronomia - Quanto à gastronomia, há alguns pratos típicos tais como os Crab Cakes, os Lobster Rolls e os Clam Chowder (a famosa sopa). Para sobremesa, temos o Boston Cream Pie.

 

CFA37623-2D04-4F55-AB9A-8381DE2BD5EC.JPG

 

- Outros (igualmente importantes) - É uma cidade que se faz muito bem a caminhar, por isso, recomendo muito os passeios nas duas margens do Charles River (Boston e Cambridge). Importante também é perder-nos no Boston Common, um grande e relaxante parque. Para se fazer um Tour diferente (mas bastante informativo), recomendo o Duck Tour (que ganha, claro, toda uma relevância se for feito com crianças pois elas acham um piadão a um carro que também anda na água). Por último, e muito importante mesmo, visitar a Boston Public Library. De sonho.

 

6B45C4E8-0DE2-41C9-B56C-FAE2735D89D9.JPG

 

5BC69C53-3CB5-4737-B0AA-76FC6ACE14BB.JPG

 

0383F026-B7AA-4D8A-9D0B-B546A706AA50.JPG

 

A171424A-0983-4A5F-9BA2-ACBAAD53CF19.JPG

 

Ando a recomendar esta cidade a toda a gente. A TAP voa direto e a SATA voa com escala nos Açores. Vale a pena passar lá uns 5 dias com neve, para os mais românticos, ou com sol, para os mais práticos. Eu apanhei neve no primeiro dia mas, nos restantes, saiu-me sol, sol e mais sol :)

 

0AA77AAC-19FD-4C35-94F4-33840ADE86F9.JPG

 

Tenho consciência que o amor que em mim nasceu por esta cidade não se deveu apenas a todas as coisas boas que ela me deu mas também porque, para além do que trouxe, também deixei lá uma parte importante de mim. Por isso, tenho que voltar, mais que não seja para matar as saudades que sinto, todos os dias, desde há oito anos.

 

❤︎

 

Sigam-me no instagram @catarinalduarte

 

3 comentários

Comentar post