Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Sex | 04.08.17

Góticas.

CD

Sim, são velhotas, as góticas que se passeiam pelas ruas da Graça.

 

Andam sempre juntas, numa bonita e equilibrada parelha.

 

Fugiram ao preto do luto e adquiriram o preto do gótico: maquilham-se de preto, fazem as unhas de preto, usam tachas e colares com caveiras, os seus cabelos muito brancos, muito ao alto, apanhados com grossos adereços pretos e prateados, contrastam com o preto das roupas e acessórios que usam.

 

São extravagantes na forma de vestir apesar de só usarem esta cor acabada.

 

Acho-lhes piada. Gosto sempre bastante de quem não sucumbe ao destino, ao preto da idade, agrada-me sempre a ideia de dar a volta à inevitabilidade da vida.

 

Como se, apesar de fatal, apesar de óbvio, não fosse nem fatal, nem óbvio, e pegassem em tudo e, do tudo fizessem, com o twist necessário, a vida brilhar de outra forma.