Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Qua | 17.08.16

Herança.

Catarina Duarte

Consigo identificar, com relativa clareza, o que herdei de cada pessoa que me compõe. As semelhanças físicas são as mais fáceis e, pior, as mais óbvias também.

O difícil está no detalhe da matéria que me faz. As comidas que gosto, o meu gosto estético, a minha adoração pelo verbo “ir”, o género de filmes que vejo, o tipo de livros que leio, os traços vincados da minha personalidade – sei sempre de onde vem cada pormenor.

Sei sempre.