Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Ter | 06.06.17

Ídolos.

CD

O sangue que nas veias corre, o ar que pelos pulmões passa, o frio que na pele se sente.

Serão os nosso ídolos assim tão diferentes de nós? Estarão os intocáveis assim tão longe de nós? Sentirão, todos aqueles que o mundo há muito idolatra, na mesma medida que nós? Precisamos de heróis, de pessoas planetárias, de figuras inspiradoras.

Imaginamos que não sintam, que não comam, que não respirem, que não existam da mesma forma que nós. Mais do que imaginar, precisamos que assim o seja.

Mais que não seja para nos convencerem que, tudo aquilo que sentimos, tudo aquilo que temos, tudo aquilo que somos, é concretamente terreno, absolutamente tangível, completamente real.

E isso, para nós, que vivemos na vida de todos os dias, basta.

E ainda bem.