Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

16
Abr18

Lute pela sua felicidade.

CD

Não gosto da palavra “felicidade” mas ainda lhe ganho uma aversão maior quando vem precedida por “lute pela sua”.

 

Quando unidas, estas quatro palavras, soam-me sempre a livro barato e a pensamento ligeiro. O que é triste porque, apesar de felicidade ser uma palavra estranha, a sua importância é grande, o que lhes podia ter dado para fornecer algum sainete e relevância ao conteúdo da mesma. Mas não, a queda para o chinelo foi grande e a tendência para resvalar foi ainda maior.

 

“Lute pela sua felicidade” não deixa de ser uma constatação óbvia do que todos, em teoria, já fazemos. Nós, seres pensantes e crentes na boa onda da vida, corremos atrás daquilo que nos coloca um sorriso nos lábios. Todos os dias, e muitas das vezes de forma inconsciente, como um qualquer instinto animal que já vem nas nossas configurações de origem, todos nós lutamos, minuto após minuto, por esta tal felicidade.

 

Provavelmente, não há uma receita ou, se há, será que está mesmo escondida nestes tais livros que não leio, cujo título tende a ter sempre estas quatro palavras que me dão arrepios? Por favor, se houver alguém cujos olhos já tenham pousado nestes livros (não têm que assumir que o leram de fio a pavio) podem, por favor, dizer-me se se tornaram pessoas mais felizes depois de os lerem? Por favor?

 

A felicidade merecia algum respeito e, por isso, a partir deste momento, e ao longo deste texto, vou sempre escrever FELICIDADE, na tentativa de lhe dar a maturidade e a relevância que a palavra e estes livros não lhe conseguem dar.

 

A FELICIDADE é uma coisa séria. Não merece, por isso, um resumo patético de como a conseguimos atingir, até porque ela, desconfio, varia de ser pensante para ser pensante. Este conceito que insistem em generalizar, como se as fórmulas de sucesso fossem regras sem qualquer exceção, merece, seguramente, muito mais do que livros com frases-guia-chavão. Este conceito, esta FELICIDADE, merece um debate profundo e uma análise cuidada, em todas as suas vertentes.

 

Tenho genuína curiosidade em saber qual a receita dos livros “Lute pela sua FELICIDADE”, pois ainda representam uma grande fatia dos livros que por aí se encontram. E, se os encontramos, é porque vendem. E se se vendem, é porque alguém os compra. E se alguém os compra: quem são vocês, pessoas mais felizes do que eu?

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrevam a Newsletter (prometo que não se vão arrepender)

Carreguem aqui para subscrever:)

Sigam-me

Facebook

Instagram @catarinaduarte.words

Biografia

Sou autora do livro infantil “Maria Bolinhos – no Reino da Maravilhosa Doçaria Alentejana” e do blog insensatez.blogs.sapo.pt. Escritora compulsiva: a minha vida é absorver tudo aquilo que vejo e tudo o que ouço. Se estão comigo há um certo risco de se tornarem inspiração da minha próxima personagem :) mas, calma!, não fujam já! Dou Workshops de Escrita Criativa a crianças e a adultos - são boas horas que sempre voam embaladas pelo fluir frenético da escrita. Devoro arte, sou constantemente inspirada por ela, nas suas mais diversas formas: livros, pintura, música, cinema, fotografia. Mas, também, jardins, praias, arestas dos prédios recortados da minha Lisboa: inspiro a luz que escorre pelas suas paredes, expiro um texto completo de incertezas. Não passo sem café, sem livros, sem as minhas viagens mas, especialmente, sem o ar livre da minha cidade, a minha maior inspiração. Tenho 32 anos, vivo em Lisboa com o meu marido e com as minhas palavras preferidas.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D