Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Dom | 31.07.16

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa.

Catarina Duarte

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, pairam turistas sarapintados pelo sol, leves, de calções e camisolas de alças e sempre, sempre, de máquina fotográfica a tiracolo.

 

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, pareço, algumas vezes, uma turista envergonhada, procuro olhar sem ser olhada, ver sem ser vista. Uma estranha na minha cidade, adquirida, ela, por visitantes ocasionais, cabeleiras louras e curiosidade latente nas suas peles claras.

 

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, passeio, delgada e concentrada, em busca das novidades que os turistas trazem à minha cidade.

 

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, vejo-lhes o desejo de descobrir e invejo-lhes o desprendimento ao caminhar nos passeios da minha cidade. Estão ligeiros e soltos, olhos esbugalhados e manifestam uma passada, por vezes, hesitante. Trazem um mapa, param, fixam um ponto. Encaminham-se na Baixa geometricamente desenhada, nas ruas geometricamente definidas.

 

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, à noite, vejo-os arranjados, bem vestidos, as peles já rosadas, ar feliz e tranquilo. Cobiço-lhes os momentos serenos que têm, as férias que merecem, as descobertas a que assistem.

 

Nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, dividem os mesmos restaurantes típicos comigo, nesta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, passeiam-se no Bairro Alto, no Cais do Sodré, vivem, esta Lisboa que era minha e que, agora, é nossa, com fervor e vontade, admirados pela vida, pela luz, pelo dia e pela noite que, esta cidade, que era minha e que, agora, é nossa, tem.

 

Instagram www.instagram.com/catarinaduarte.words

Facebook https://www.facebook.com/catarinaduartewords

Twitter https://twitter.com/cduartewords

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.