Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Qui | 07.06.18

O que é que os livros me dão?

CD

É um bocadinho difícil, se quiser fugir àqueles pontos óbvios, definir o que é que os livros me dão. Como pontos óbvios refiro-me ao aumento do vocabulário, ao desenvolvimento da imaginação, à redução do stress e ao aumento da concentração.

 

Mas os livros também me ensinam a viver, a calçar uns sapatos de salto alto, daqueles não estou habituada a usar, dão-me a possibilidade de me colocar na pele escura e enrugada de uma personagem africana de idade avançada ou de um conceituado cineasta espanhol com uma relação desequilibrada com a mulher. Dão-me dados para analisar e para fugir, se assim for o caso. 

 

Mas há uma coisa que é muito óbvia: os livros verbalizam aquilo que eu já tenho como certeza e não me deixam ser a única pessoa a sentir-me assim: partilhamos a mesma dor; partilhamos a mesma alegria. Os livros são solidários comigo.

 

E o excerto abaixo é um óptimo exemplo disso:

 

frase.JPG

 

Comecei agora, ainda não tenho muito a dizer sobre este livro mas, para já, estou a gostar. Como habitualmente, irei escrever sobre ele, assim que o terminar :)

 

E a vocês, o que é que os livros vos dão?

2 comentários

Comentar post