Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

(in)sensatez

Preocupo-me.

05.01.16 | CD

IMG_8821.JPG

(fotografia tirada com o iphone) 

 

Preocupo-me sempre que a linha do horizonte fique direita, que haja alguma lógica no rectângulo fixo do momento, centro o objecto, limpo o "barulho" e carrego no disparar.
Com mais rapidez do que aquela com que a disparo, descarrego-a no instagram. Os likes sucedem-lhe e eu concluo que por mais cuidado que tenha ao desenhar o momento exacto há sempre detalhes que escapam: ou uma gaivota que resolveu aparecer mas que ficava gira era se as asas estivessem esticadas, ou a criança que desatou a correr e rasgou um canto da fotografia, ou o desprendimento do casal que pretendia apanhar a beijar, ou outro qualquer momento que escapou ao controlo das minhas acções.

Recordo ao vê-la postada que a minha vida é tão-somente o reflexo das chapas que, por vezes, disparo. Momento que almejam ser perfeitos, (onde tento, a todo o custo, controlar todos os parâmetros) e que acabam invariavelmente por ter alguma da minha falha lá registada. Fico feliz, porque até no meu mais básico acto, tudo de mim (imperfeição incluída) lá coloco.
Um forte bem-haja à imperfeição dos nossos dias.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.