Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Qui | 26.05.16

Sobre a educação.

Catarina Duarte

educação.jpg

Ela descia, de forma desengonçada, a ladeira de acesso ao meu prédio. Trazia na mão uma revista enrolada e, na outra, a carteira, de alça curta, cola ao corpo.

Segurei-lhe na porta quando percebi que era no meu prédio que ela pretendia entrar e aguardei.

Passou por mim, subiu as escadas de acesso ao elevador, carregou o botão e ficou, algo petrificada, a ver o número do andar a decrescer onde o elevador se situava, por cima da porta do mesmo. Parou no zero.

Eu continuava estática com a porta da mão a assistir. Larguei um “de nada” bem audível, segui-lhe o rasto e parei ao seu lado.

Justifico, por vezes, a falta de educação como falta de atenção. Pelo facto de as pessoas andarem tão distraídas, tão absorvidas pelo seu mundo, que se tendem a esquecer do que os rodeia. É o (meu) caminho mais fácil para justificar o mau comportamento dos outros.

Mas, depois penso, a educação foi feita para moldar comportamentos aos desatentos, a todos aqueles cujas regras tendem a resvalar para o chinelo.

E, depois penso novamente, se calhar são apenas pessoas que não tiveram a sorte de seguir o protocolo orientado da educação.

Se calhar é apenas isso. Não tiveram sorte.

 

Instagram @catarina_lduarte

Facebook https://www.facebook.com/catarinaduartewords

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.