Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Ter | 05.06.18

Sobre as borlas no trabalho, em geral (e nos blogs, em particular).

CD

(um texto diferente sobre respeito – um outro tipo de respeito)

 

Ou sou eu que ando mais atenta, ou tem sido mesmo muito recorrente: ultimamente, tenho ouvido da boca de vários actores, humoristas e até bloggers ou escritores bastantes lamentos porque se veem constantemente confrontados com a possibilidade de efectuarem um trabalho de forma não remunerada.

 

Os argumentos utilizados pela outra parte andam, normalmente, pelo “é bom para ti”, “ganhas visibilidade”, “é uma óptima oportunidade”. Na minha opinião, por mais voltas que se dê ao texto, é só falta de respeito pelas pessoas que trabalham.

 

No caso concreto dos blogs, parece-me inacreditável (já para não dizer altamente ofensivo) que uma marca aborde um blog com o intuito do blog fazer publicidade sobre essa marca, promovendo-a, não oferecendo qualquer contrapartida. Pelo meio, há alguém que perdeu tempo da sua vida (tempo esse que poderia ter sido passado a ver um filme, a jogar às cartas em família ou a dormir, tanto faz) a trabalhar e que não é pago de nenhuma forma.

 

Se por um lado acho inacreditável que se peça, não deixo de considerar ainda mais inacreditável que se aceite. Claro que, em todas as áreas, há sempre uns chicos espertos que resolvem estragar o mercado, ou aplicando preços impraticáveis ou, simplesmente, não cobrando nada.

 

Não percebem que estão a estragar um mercado que também é o deles e que, no final do dia, perdemos todos.

 

Vou começar a enviar o link deste texto cada vez que me abordarem para escrever um texto com trinta mil caracteres a troco de ar.

 

Sim, ar parece-me uma óptima contrapartida.

 

 

(Desculpem o desabafo - que sai ligeiramente dos temas que abordo aqui no blog - mas é importante escrever e falar sobre isto.)

2 comentários

Comentar post