Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

14.05.18

Rescaldo da Eurovisão.

Catarina Duarte
  Como grande parte dos portugueses, também eu, no ano passado, fiquei deslumbrada com o Salvador Sobral mais do que, propriamente, com a Eurovisão.   Não adoro o formato da Eurovisão mas não é isso que me faz não seguir este espetáculo. É, basicamente, porque acho que as músicas são francamente más. Não me aquecem, nem me arrefecem, e não traduzem aquilo que as músicas (tal como a Arte, em geral), na minha opinião, devem traduzir: comover-nos e dar-nos algum sentido.   Apesa (...)
29.12.17

Últimos dias de 2017.

Catarina Duarte
  Por aqui, tudo tranquilo, a aproveitar, com calma, os últimos dias de 2017. Hora de balanços e de planear um 2018 de estrondo (nunca desejem menos do que isso para vocês)! Bom 2018 a todos!
09.12.17

Sobre os anos que passam.

Catarina Duarte
Assim que o final do ano se aproxima, eu e o Ricardo começamos logo a pensar nos 3 eventos que marcaram esse mesmo ano a nível mundial, a nível nacional e a nível pessoal. Sim, 9 eventos, no total. Acho este um óptimo exercício porque nos ajuda a perceber a que é que damos, de facto, valor e a balancear o que realmente se passou. Desafio-vos a fazer o mesmo.
16.01.17

O que mudou durante as minhas férias.

Catarina Duarte
- Está um frio que não se aguenta - estavam quase 40 graus no meu último destino de férias (por isso, estou particularmente sensível a este ponto); - As árvores de Natal já estão arrumadas e, com elas, todas as suas luzinhas (menos a minha - que continua ligada à noite); - Os dias estão mais longos (isto agora, até ao verão, é um pulinho).   Bom dia :)
15.01.17

Oficialmente, em 2017.

Catarina Duarte
Os primeiros dias do ano foram passados longe de Portugal. Já dei, por aqui, umas luzinhas dos sítios por onde andei mas ainda tenho muito mais a dizer. Estou a tentar (minimamente) orientar a minha vida, em geral, e este blog, em particular. Agora sim, com energias completamente carregadas, estou em condições de dizer: BOM ANO a todos!
05.12.16

A minha (principal) resolução para 2017.

Catarina Duarte
  Com o ano a acabar, iniciam-se os balanços e, talvez mais importante, as resoluções.   Os balanços foram relativamente fáceis de apurar – na verdade, é nisso que se baseia o meu dia-a-dia. O meu activo ultrapassa, em larga escala, o meu passivo e, mesmo assim, tal como se quer, o meu balanço, consegue terminar sempre a dar zeros.   Ma (...)