Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

25.01.17

África do Sul - Cape Town.

Catarina Duarte
  Deixei Cape Town para último e andei a adiar ter que escrever sobre ela. Como fizemos imensa coisa nesta cidade, não me conseguia decidir sobre que género de informação queria passar neste texto e qual o detalhe que aqui queria colocar. Começando pelo início: Há anos que queria ir a Cape Town e a viagem a Moçambique foi a desculpa perfeita! Ouvia dizer que é das cidades mais bonitas do mundo (a par, talvez, com o Rio de Janeiro) e a minha curiosidade foi sempre mais do que (...)
19.01.17

(mais sobre) África do Sul – Blyde River Canyon, Lisbon Falls, God’s window (e outros locais)

Catarina Duarte
    No dia a seguir a visitarmos o Kruger Park, aproveitando a proximidade geográfica, demos uma volta pela zona e ficamos francamente fascinados pela sua beleza natural. Não sei se as expectativas eram baixas (ou se as tinha sequer), o que é certo é que, em cada local por onde parava, ficava deslumbrada pelas paisagens a perder de vista ou pelas quedas de água imponentes.   Quanto ao tema segurança (que era um tema que me preocupava e, imagino eu, preocupa a quem decide viajar (...)
18.01.17

África do Sul - Kruger National Park

Catarina Duarte
  Nunca – NUNCA – na minha vida de viajante tinha feito um safari. Faltava picar (claramente) este ponto na minha Bucket List (isto e uma outra actividade também feita nesta viagem – mas, sobre ela, falarei mais à frente). Como era o nosso primeiro safari, achamos boa ideia faze-lo no Kruger National Park e, dado que íamos até Maputo, as condições estavam todas reunidas para juntar o útil ao agradável (Maputo e Kruger Park estão a, aproximadamente, 100 km de distância).   (...)
07.01.17

África do Sul.

Catarina Duarte
  Gosto muito desta fotografia. É, até agora, a minha preferida desta viagem e (parece-me) dificilmente será batida por outra. Mais do que a vista soberba (África do Sul - God's Window) que, por si só, já seria suficiente para dar algum samba à imagem, mais do que o enquadramento minimamente geométrico que tanto aprecio, esta fotografia reflete - exatamente - aquilo que nós somos: até podemos estar cada um a olhar para seu lado mas sempre o faremos de mãos dadas.   (Vou (...)