Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

19.03.18

Neste Março.

Catarina Duarte
  As gargantas arranhavam de tão secas que estavam, os veios já estavam demasiado abertos e a terra pintava-se de castanho e de creme e de aridez.   Em circunstâncias normais, mandávamos vir com estas águas e com estes tornados e com estes temporais. Esta chuva nunca mais acaba! – Era comum ouvir-se, em qualquer sala em que se entrasse. Hoje, neste Março, muita coisa mudou: podemos até pensar mas o bom senso não nos deixa ir mais longe.   Atualmente, 80% do território já não está em situação de seca. (...)