Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

10.10.18

Raras são as vezes em que interessa saber de quem é a culpa.

CD
Provavelmente, também já por aqui passaram leitores que, em tempos, eram assíduos e que, depois, se fartaram do que aqui escrevo. Como diz o anúncio: é normal mudar de ideias.   Comigo também acontece e, por isso, não guardo rancores!   Leio uma determinada pessoa, um colunista, uma blogger ou um escritor, por gostar da forma como expõe as suas opiniões, por apreciar a forma como escreve sobre o mundo ou, ainda, a forma como rabisca os seus devaneios.   No geral, o que me leva (...)
22.08.18

Cinco curiosidades sobre este blog.

CD
 Inspirada neste texto, resolvi partilhar convosco cinco curiosidades sobre este blog. Estavam à espera?Vamos lá então: Este blog não é o meu primeiro blog.Antes do Insensatez, tive um blog chamado “Croquete e Girassol” (sempre tive muita imaginação) e, aqui, no Sapo, comecei por criar um chamado Desassossego que teve meio segundo de vida porque logo a seguir criei o Insensatez e estou muito (...)
05.06.18

Uma imagem vende mais do que muitas palavras.

CD
 Nisso, imagens e palavras, não estão em pé de igualdade: a imagem só precisa de ser uma única para dar nas vistas, desde que boa e bem construída. E, apesar de apenas uma, vende hoje e venderá sempre muito mais do que muitas palavras juntas, ainda que estas últimas também sejam boas e bem construídas. É um campeonato desigual, é a liga dos campeões e a liga dos últimos, se quiserem. Não partem do mesmo patamar, esta concorrência chega até a ser desigual, se querem que (...)
11.05.18

Força para girar.

CD
Sou a maior defensora do trabalho enquanto motor que mexe o nosso mundo e concretiza os nossos sonhos.   Já aqui falei diversas vezes sobre a importância do talento e do trabalho, sendo que é, claro, esse trabalho que coloca esse talento em marcha e que o leva a alcançar objetivos nunca antes alcançáveis.   Conheço muito pouca gente que chegou a lugares importantes sentado no talento que lhe diziam ter, sem mexer uma palha para os alcançar. Em compensação, aqueles pés para (...)
11.04.18

A escrita faz-se.

CD
A escrita faz-se dos dias e, especialmente, das noites. A escrita faz-se das ausências, sim, a escrita faz-se muito de ausências, mas também de trabalho, de falar com pessoas, e de descanso, quando esse trabalho e essas pessoas se agrupam em nós e descansam também elas.   A escrita é uma veia e uma artéria e um ventrículo e é, talvez, os nossos vários alvéolos e, com isto, consegui misturar vários sistemas que nos compõem e uni-los à escrita, viram?   A escrita faz-se dos (...)
14.03.18

Amor pela Formação.

CD
 Julgo que só quem dá formação sente o poder da formação. Apesar de não me considerar professora (aliás, estou mesmo muito longe disso), após ter tirado o curso de Formação para Formadores, nunca mais parei de estar ligada a esta área. É, de facto, muito bom ser um agente motivador de partilha. Sim, é disso mesmo que falamos quando falamos de formação: partilha. Quando abracei os Workshops de Escrita queria que fossem rigorosos e não apenas um convívio. Tenho imenso (...)
05.03.18

Workshop - Escrita Criativa - Nível 2.

CD
 Na inauguração dos Workshops de Escrita Criativa - Nível 2, duas pessoas já inscritas, não puderam estar presentes, com muita pena minha.  Mas isso não tirou uma letra à “maravilha” que se escreveu hoje.Entrego-me profundamente em cada aula que dou. Deixo lá toda a minha energia e todo o meu entusiasmo para que os possam aplicar em cada palavra que escrevem. Muito obrigada a estas 4 e a todos os outros participantes com quem tenho a sorte de me cruzar! Tenho esta estrelinha (...)
01.03.18

Eu sou zen.

CD
 Como podem ver, eu sou super-mega-hiper zen. Ou, então, não! Foi só mesmo para a fotografia porque já percebi que, nisto das redes sociais, temos que inspirar os outros a relaxar, a aceitar, a respirar (nunca se esqueçam disso - é mesmo fundamental respirar!), sei lá, a viver em paz com o mundo! E é isso que pretendo fazer convosco a partir de AGORA. Ou, então, não. Ou, então, só vos queria mesmo dizer que, no próximo sábado, a pedido de várias famílias, vou inaugurar (...)