Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

03.12.15

Curtas - São instantes visíveis de figuras suspensas no tempo.

CD
Da janela da cozinha da minha casa, mesmo quando estou sentada no sofá da sala, consigo ver, no alto do prédio da frente, uma casa envidraçada. Refiro muitas vezes, que os seus donos devem ter no seu temperamento a mesma medida de transparência que os vidros que lhes emolduram a casa têm. Do sítio onde estou sentada, do sofá da minha sala, através da janela da cozinha da minha casa, vejo já a árvore de natal a piscar, com as suas luzes a pestanejar compassadamente. Vejo também (...)
25.11.15

Curtas - Agora podia tornar todas as feiras da semana em belos fins.

CD
Ele vivia cansado pela espera. Todos os dias aguardava mais um pouco, enfeitiçado pela hora que demorava a chegar. Dia após dia velava exausto pela altura em que se iria reformar. Há já muito que tinha reduzido o seu ritmo de trabalho, numa tentativa de, pensava ele, não sentir tanto a passagem de uma altura para a outra. De fora veio, sob a forma de um convite camuflado de boa vontade e preocupação, o empurrão prévio, com um "o Zé pode passar a ficar mais por casa, enquanto não (...)