Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

13.09.18

Crianças que sustentam os pais.

Catarina Duarte
 (imagem retirada do pixabay)   Hoje estava a ouvir o podcast “Cada um Sabe de Si”, em que o entrevistado era o Luís Franco-Bastos e, a dada altura, ele referiu a moda das bloggers (ou pessoas conhecidas) de colocarem fotografias dos seus filhos a tomar banho e depois se fartarem de identificar as marcas dos cremes e champôs, passando a mensagem que os filhos sustentam os pais, em vez de ser o contrário, como seria expectável.   Apesar de um já ter escrito sobre esta mania que é os pais exporem os filhos em situações íntimas e privadas, (...)
22.08.18

Campeões de Likes.

Catarina Duarte
 (Imagem retirada do pixabay)   Deve haver por aí um ou outro estudo sobre o tema, sobre o que é que dá mais likes nas redes sociais, mas eu resolvi fazer o meu próprio trabalho de casa. Atenção que os resultados abaixo apresentados são altamente credíveis, cientificamente provados, e baseados no mais profundo trabalho de investigação alguma vez efectuado sobre o tema.   Para facilitar a partilha dos resultados, podia fazer um (...)
03.08.18

Recados para o fim-de-semana.

Catarina Duarte
Antes de vos desejar um bom fim-de-semana (que será já no final deste post), tenho alguns recados para o fim-de-semana:   - Votem neste humilde blog na iniciativa dos Blogs do Ano. Podem votar as vezes que quiserem e mais do que uma vez, se assim o entenderem. Eu agradeço :) É só carregar aqui;   - Se vão entrar de férias e não sabem o que ler, espreitem as minhas recomendações de leitura para (...)
20.07.18

Estamos a atingir níveis históricos no que à vaidade diz respeito?

Catarina Duarte
 Fotografia Pixabay     Gostava que respondessem a esta pergunta: será que estamos a atingir níveis históricos no que à vaidade diz respeito? Será que sempre fomos, na verdade, poços de ostentação, seres sequiosos de atenção e validação, e, só agora, com as ferramentas certas, é que nos estamos a aperceber disso?   Para todo o lado para onde eu olhe, só vejo miúdas a fazerem poses, umas atrás das outras, sempre com um (...)
01.12.17

Intimidade, privacidade e limites.

Catarina Duarte
    Estou sempre a dizer que isto da partilha da privacidade é uma questão de limites.   Ou, de início, temos muito bem definido aquilo que queremos partilhar (ou aquilo que não queremos partilhar) ou, então, está tudo estragado: hoje deixamos a janela entreaberta, amanhã abrimo-la mais um bocadinho, depois mais um bocadinho e, depois, quando damos por nós, já partilhámos informação que, vá, nunca considerámos partilhar no primeiro momento.   É, mais ou menos, como (...)
21.02.17

Sobre o Instagram.

Catarina Duarte
    Se me pedissem para escolher uma rede social era, sem dúvida, o Instagram. Gosto muito da forma (sucinta e orientada) como a minha vida lá aparece (ou aquilo que quero mostrar dela). Como (quase sempre) temos tendência para mostrar apenas a nossa melhor parte é refrescante percorrer a nossa história e concluir sempre: fogo, que vida do caraças que esta pessoa tem. É um rede muito inspiradora. Gosto (...)