Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

(in)sensatez

por Catarina Duarte

(in)sensatez

por Catarina Duarte

Ter | 18.07.17

Várias fontes de receita.

CD

Falou-se da importância da poupança, durante muitos e muitos anos.

 

Esse tema, claro, continua a ser relevante para uma sociedade que não pretende ser apanhada desprevenida.

 

Mas era mesmo muito comum, quando eu era criança, falarem-nos dos mealheiros (não sei se caiu em desuso mas, o que é certo, é que continuo a fazer o meu). A parte do controlo de gastos é, diria, vital.

 

Porém, recentemente, tornou-se também relevante analisar a parte da receita: onde podemos ganhar mais? - é a pergunta a fazer.

 

Há muitas pessoas que se agarram ao seu trabalho das 9-às-6, com pouco ou nenhum espirito de sacrifício e, assim que metem o pé fora do escritório, dão por terminado o seu dia.

 

Surgiu, então, – por necessidade ou por, simplesmente, não se quererem acomodar – uma nova geração de pessoas multifacetadas, que não se contenta apenas com o seu trabalho “estipulado”.

 

São pessoas que cavam fundo nas suas tarefas, que destravam as horas do seu dia, que se arrastam noite dentro, são pessoas grandes e aguerridas, fortes e determinadas, que aleijam mais e melhor.

 

Conheço algumas pessoas assim, que não sucumbiram à inércia, que se esticam por todos os lados para conseguirem atingir mais.

 

E isso é de louvar. É mesmo de louvar!